Celular à prova d'água? Será mesmo?


Nos últimos tempos os fabricantes de celulares tem lançado aparelhos celulares que se dizem à prova d'água. Será que a propaganda realmente se confirma?

Uma consumidora adquiriu um aparelho da Samsung e, após 4 meses de uso, incluindo fotos tiradas embaixo d'água o aparelho começou a apresentar defeitos.

Tomando a atitude correta, a mesma levou o aparelho para a assistência técnica, porém, o aparelho continuou a apresentar defeito ao ser usado novamente na água.

A Samsung, acionada, alegou "mau uso".

A consumidora procurou o Poder Judiciário onde ficou decidido que a fabricante não conseguiu provar o suposto "mau uso".

A decisão determinou o pagamento de indenização no valor de R$ 4 mil reais, sendo reduzido, após recurso da Samsung para R$ 2 mil reais.

A consumidora também deverá receber o valor de R$ 2,4 mil reais pelos danos materiais, ou seja, o valor do aparelho.

Portanto, se você adquirir um aparelho celular e o mesmo não cumprir aquilo que promete, procure SEMPRE os seus direitos. Seja através dos órgãos de defesa do consumidor, seja através do judiciário.

Processo: 0009432-04.2015.8.01.0070 AC

Posts recentes

Arquivos

📌 Grande Florianópolis: Av. Lédio João Martins, 935 sala 301, Kobrasol, São José, SC, Cep 88102-001

📌 Balneário Camboriú:  

Robson Edésio Sociedade Individual de Advocacia - Registro OAB/SC 5.960/20 

 Robson Edésio da Silva - OAB/SC 23.892 

contato@robsonedesio.com.br

Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade

 

  • Facebook
  • Instagram